Mais de um ano passado, WFH nos deixou com a síndrome do impostor de ‘retorno ao cargo’ - veja como combater a dúvida