Paul Mescal adoravelmente dedicou seu BAFTA a Daisy Edgar-Jones, chamando-a de 'uma das melhores pessoas que ele conhece' (e isso a fez chorar de verdade!)